SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue1Proteic profile and antigenic recognition of extracts from Wuchereria bancrofti L3 infective larvaeEvaluation of the effect of splenectomy with autologous spleen tissue implantation in some monocyte functions in children with hepatosplenic schistosomiasis mansoni author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

MAGALHAES, Telcia V.B. et al. Estudo clínico comparativo e ultra-sonografia entre indivíduos negativos e positivos para Schistosoma mansoni em áreas endêmicas de baixa morbidade e pacientes hospitalizados com doença hepatosplênica. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2005, vol.38, n.1, pp. 33-37. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822005000100007.

Duzentos e vinte e três indivíduos de área endêmica de baixa morbidade para esquistossomose e nove pacientes hospitalizados com a forma hepatoesplênica foram submetidos ao exame de fezes e clínico e à ultra-sonografia do abdômen. De acordo com os resultado dos exames de fezes e do ultra-som eles foram agrupados do seguinte modo: G1 - 63 indivíduos sem ovos de Schistosoma mansoni nas fezes; G2 - 141 indivíduos apresentando ovos de Schistosoma mansoni nas fezes, sem ecogenicidade periportal. G3 - 19 indivíduos com ovos de Schistosoma mansoni nas fezes e ecogenicidade periportal entre 3-6mm.; G4 - 9 pacientes hepatesplênicos com ecogenicidade periportal > 6mm. Pelo exame físico do abdômen, a hepatomegalia na linha hemiclavicular direita foi constatada em G1, G2 E G3, respectivamente, em 11,1, 12,1 e 26,3%. Nos grupos G1, G2 e G3, houve espessamento periportal somente em esquistossomáticos (8,5%). Alterações patológicas leves em pacientes, as quais não puderam ser detectadas pelo exame clínico, foram evidenciadas no fígado pelo ultra-som e podem ser devidas à fibrose. O grau de fibrose periportal leve foi diminuído em 57,9% dos pacientes 12 meses após tratamento da esquistossomose com oxamniquine. Na ultra-sonografia, a média da medida do lobo esquerdo do fígado dos indivíduos de G3 foi maior que a de G1 e, a de G4 maior que a de G1 e G2. O tamanho médio do baço de G4 foi significativamente maior que o dos outros grupos e o de G3 foi maior que o de G1 e G2.

Keywords : Esquistossomose mansoni; Ultra-sonografia; Fibrose periportal.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English