SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue4Longitudinal clinical and serological survey of abdominal angiostrongyliasis in Guaporé, southern Brazil, from 1995 to 1999Helicobacter pylori identification by brush gastric cytology: a comparison with histologic method author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

PONTES, Ricardo José Soares; REGAZZI, Ana Cláudia Ferreira; LIMA, José Wellington Oliveira  and  KERR-PONTES, Lígia Regina Sansígolo. Efeito residual de apresentações comerciais dos larvicidas temefos e Bacillus thuringiensis israelensis sobre larvas de Aedes aegypti em recipientes com renovação de água. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2005, vol.38, n.4, pp. 316-321. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822005000400007.

Avaliou-se o efeito residual do temefos (apresentações comerciais A, B, C) e Bacillus thuringiensis israelensis (D e E) sobre larvas de Aedes aegypti, em recipientes com renovação de água. Utilizaram-se 44 béqueres de 1.000ml (8 para cada apresentação e 4 controles). Em cada béquer introduziram-se diariamente 25 larvas. Após 24 horas, contavam-se as larvas mortas, esvaziavam-se os béqueres até 200ml, repunha-se o volume original e acrescentavam-se novas larvas. A duração do efeito residual máximo (100% de mortalidade) foi: A-19; B-39; C-40; D-8; E-19 dias. A razão de mortalidade permaneceu equivalente entre todos os larvicidas durante 25 dias; B e C mostraram RM 2,40 vezes maior do que E entre 46-95 dias; B, comparado com A, mostrou RM 1,90-7,51 vezes maior entre 26-95 dias. Conclui-se pela maior eficácia de duas apresentações do temefos, mesmo em uma situação epidemiológica de longa exposição ao produto e com renovação de água dos recipientes.

Keywords : Controle vetorial; Larvicidas; Aedes aegypti; Dengue; Controle de qualidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese