SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número3Considerações acerca de dois casos de botulismo ocorridos no Estado da Bahia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versão impressa ISSN 0037-8682

Resumo

SOUZA JUNIOR, Milton Formiga de et al. Presença de anticorpos da classe IgM de Leptospira interrogans em animais silvestres do Estado do Tocantins, 2002. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2006, vol.39, n.3, pp. 292-294. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822006000300015.

Quatrocentos e vinte e sete amostras de soro provenientes de animais silvestres foram testadas frente a 18 sorovariedades de Leptospira interrogans. De 286 amostras de Cebus apella, 46 (16,1%) foram positivas para as sorovariedades pomona, brasiliensis, mini, swajizak, grippothyphosa, sarmin, fluminense, autumnalis, hebdomadis, guaratuba, javanica e icterohaemorhagiae. Das 82 de Alouatta caraya, 2 (2,4%) foram positivas para as sorovariedades mangus e fluminense. Das 31 de Nasua nasua, 4 (12,9%) foram positivas para as sorovariedades fluminense e javanica. Das 10 amostras de Cerdocyon thous, 2 (20%) foram positivas para as sorovariedades fluminense e brasiliensis. Sete de Dasyprocta sp, 6 de Tamandua tetradactila e 5 de Euphractus sexcintus não apresentaram reatividade.

Palavras-chave : Leptospirose; Leptospira interrogans; Animais silvestres; IgM.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português