SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue6Molecular diagnosis of the natural infection rate due to Leishmania sp in sandflies (Psychodidae, Lutzomyia) in the Amazon region of Maranhão, BrazilHTLV-1 and HTLV-2 proviral load: a simple method using quantitative real-time PCR author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

UEHARA, Patrícia Moreira; CUNHA, Rivaldo Venâncio da; PEREIRA, Gracy Regina Oliveira L.  and  OLIVEIRA, Priscilla Alexandrino de. Envolvimento hepático em pacientes com dengue hemorrágico: manifestação rara?. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2006, vol.39, n.6, pp. 544-547. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822006000600006.

As manifestações hepáticas são descritas como não usuais no dengue e podem evoluir com quadros graves e potencialmente letais. Avaliamos as alterações hepáticas em 41 pacientes com dengue hemorrágico com confirmação laboratorial (ELISA IgM positivo) em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil e observamos 61% (25/41) de alteração na alanina aminotransferase e 80,5% (33/41) na aspartato aminotransferase, sendo que não houve diferenças estatisticamente significativas quando comparamos as várias formas clínicas. A variação nos valores de ALT foi de 14-547U/l, nos valores da AST foi de 11-298U/l. Náuseas e/ou vômitos foram referidos por 90% (37/41) dos pacientes, 46,3% (19/41) referiram dor abdominal e 10% (3/29) apresentavam hepatomegalia ao exame físico. A idade variou de 18 a 88 anos, 23 (56%) eram mulheres e 18 (44%) homens.

Keywords : Dengue; Dengue hemorrágico; Alterações hepáticas; Mato Grosso do Sul State; Brasil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese