SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue3Incidence of tuberculosis among indigenous people in the municipality of São Gabriel Cachoeira, AMTemporary and permanent breeding sites for Biomphalaria in Jaboatão dos Guararapes, PE author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

SOUZA, Sílvia Leopoldina Santos de et al. Causas de óbito em pacientes com síndrome da imunodeficiência adquirida, necropsiados na Fundação de Medicina Tropical do Amazonas. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2008, vol.41, n.3, pp. 247-251. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822008000300005.

O objetivo deste estudo foi verificar em 129 pacientes com AIDS, necropsiados na Fundação de Medicina Tropical do Amazonas de 1996 a 2003, as causas do óbito, observando o grau de concordância entre os diagnósticos necroscópicos com os diagnósticos clínicos. A doença mais freqüente que causou o óbito foi tuberculose 28%, seguida de pneumonia bacteriana 17%, histoplasmose 13%, toxoplasmose 10%, pneumocistose 8%, criptococose 5%, sepse bacteriana 4% e 15% outras causas. A concordância entre o diagnóstico clínico antemortem e a necropsia foi de 51,9%. O principal órgão acometido foi o pulmão 82,2%. O tempo de sobrevivência após o diagnóstico laboratorial até o óbito variou entre um mês e 120 meses. A média de sobrevivência foi 15 dias e 56% morreram menos de um mês após o diagnóstico, 15 pacientes morreram na mesma data do diagnóstico. Esses resultados demonstram a importância da necropsia na causa mortis em pacientes com AIDS.

Keywords : Aids; Necropsia; Diagnóstico antemortem.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese