SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue1Evaluation of the histopathological hepatic lesions and opportunistic agents in Brazilian HIV patientsOccurrence of positivity for Trypanosoma cruzi in triatomine from municipalities in Southeastern Brazil, from 2002 to 2004 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

OLIVEIRA, Ledy Horto Santos et al. Genótipos de papilomavírus humanos em mulheres jovens assintomáticas de escolas públicas do Rio de Janeiro, Brasil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2010, vol.43, n.1, pp. 4-8. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822010000100002.

INTRODUÇÃO: O objetivo deste trabalho foi investigar a infecção por HPV em uma população randômica de mulheres jovens no estado do Rio de Janeiro, Brasil. MÉTODOS: Este estudo incluiu amostras cervicais de 241 jovens. A detecção de papilomavírus humanos foi realizada pela reação da cadeia da polimerase e a tipificação deste vírus determinada pelo polimorfismo do comprimento do fragmento de restrição. Dados demográficos, estilo de vida, história sexual e ginecológica foram obtidos através de um questionário. A média de idade das mulheres foi 19,6 anos (SD=3,4). RESULTADOS: A prevalência de HPV foi de 27,4% e 19 diferentes tipos foram detectados, incluindo 13 oncogênicos. O HPV 16 foi o tipo mais prevalente (6,2%), seguido do 31 (4,1%) e do 66 (3,7%). A maioria dos tipos oncogênicos pertencia à espécie A9 (28/48). A frequência de mulheres infectadas por ao menos um tipo oncogênico foi significantemente mais alta do que aquelas infectadas por tipos de baixo risco (18,7% versus 7,5%). Alterações cervicais foram detectadas em 12,5% das jovens e foram positivamente relacionadas a tipos de HPV da espécie A9. Variáveis demográficas, iniciação sexual e número de parceiros sexuais não foram associados com a prevalência de HPV, variedade de genótipos ou tipos oncogênicos. CONCLUSÕES: A frequência razoável de outros genótipos além dos vacinais nestas jovens deve ser considerada para avaliação de estratégias de vacinação. Devido à alta prevalência de HPV na população estudada, a implantação de educação sexual nas escolas, incentivo ao uso de preservativo e exames preventivos devem ser encorajados nesta faixa etária.

Keywords : Papilomavírus humano; Mulheres jovens; Genótipos; Polimorfismo do comprimento de fragmentos de restrição; Estudo de corte.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English