SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número4Enterobactérias produtoras de ESBL em Passo Fundo, estado do Rio Grande do Sul, BrasilEficácia do adefovir dipivoxil, entecavir e telbivudina para o tratamento da hepatite crônica B: revisão sistemática índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versão impressa ISSN 0037-8682

Resumo

SALES, Carolina Maia Martins; FIGUEIREDO, Túlio Alberto Martins de; ZANDONADE, Eliana  e  MACIEL, Ethel Leonor Noia. Análise espacial da tuberculose infantil no estado do Espírito Santo, 2000 a 2007. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2010, vol.43, n.4, pp. 435-439. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822010000400020.

INTRODUÇÃO: A tuberculose infantil é responsável por 15% das notificações dos casos. O foco do Programa Nacional de Controle da Tuberculose é a identificação da tuberculose em adultos, deixando os menores de 15 anos à margem dos estudos, diagnóstico e tratamento. A análise espacial quantifica a exposição à doença e expõe as principais causas relacionadas ao espaço geográfico. O objetivo deste estudo é analisar a distribuição espacial da tuberculose infantil no Espírito Santo, de 2000 a 2007, segundo município de notificação MÉTODOS: Realizou-se um estudo ecológico dos 515 casos de tuberculose infantil, entre 2000 e 2007. Utilizou-se o Método Bayesiano Empírico Local para estimação do risco. O Índice de Moram Local foi calculado para avaliação da autocorrelação entre as incidências de bairros limítrofes RESULTADOS: Altas taxas de incidência foram encontradas na Região Metropolitana de Vitória e região nordeste, e baixas taxas na região serrana; dados semelhantes foram observados no estudo da endemia de tuberculose em adultos no Espírito Santo, o que pode possivelmente estar relacionada aos contatos intradomiciliares CONCLUSÕES: Este estudo identifica possíveis áreas de transmissão recente da doença. É importante ressaltar que o conhecimento dos locais prioritários para o controle, pode auxiliar a gestão publica na diminuição das iniquidades em saúde e permitir uma otimização dos recursos e das equipes no controle da tuberculose infantil.

Palavras-chave : Tuberculose infantil; Análise espacial; Transmissão.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português