SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número5Injuries and envenoming by aquatic animals in fishermen of Coxim and Corumbá municipalities, state of Mato Grosso do Sul, Brazil: identification of the causative agents, clinical aspects and first aid measuresDigoxin serum levels in patients with Chagas' cardiomyopathy and heart failure índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versión impresa ISSN 0037-8682

Resumen

DORVAL, Maria Elizabeth Cavalheiros et al. Capturas de flebotomíneos com armadilhas de Disney em área de ocorrência de Leishmania (Leishmania) amazonensis no estado de Mato Grosso do Sul, região Centro-Oeste do Brasil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2010, vol.43, n.5, pp. 491-495. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822010000500003.

INTRODUÇÃO: O estudo foi realizado com o objetivo de estudar a fauna de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) e aspectos ligados à transmissão da leishmaniose tegumentar americana em uma área florestal com ocorrência de Leishmania (Leishmania) amazonensis, situada no município de Bela Vista, Estado do Mato Grosso do Sul, Brasil. MÉTODOS: As capturas de flebotomíneos foram realizadas utilizando-se armadilhas tipo Disney modificadas, com isca roedor, Mesocricetus auratus, no período de maio de 2004 a janeiro de 2006. RESULTADOS: As coletas resultaram na identificação de 10 espécies de Phlebotominae: Brumptomyia avellari, Brumptomyia brumpti, Bichromomyia flaviscutellata, Evandromyia bourrouli, Evandromyia lenti, Lutzomyia longipalpis, Psathyromyia campograndensis, Psathyromyia punctigeniculata, Psathyromyia shannoni e Sciopemyia sordellii. As duas espécies predominantes foram Ev bourrouli, com 57,3% dos espécimes coletados, e Bi. flaviscutellata, representada por 41,4% e que esteve presente em todos os locais amostrados. Dois hamsters sentinelas adquiriram a infecção natural, sendo os isolados identificados como Leishmania amazonensis. CONCLUSÕES: Os resultados mostram a eficiência das armadilhas Disney para captura de Bichromomyia flaviscutellata, e a presença simultânea de ambos, o vetor e a espécie de Leishmania por ele transmitida pode ser considerada um fator preditor da ocorrência de leishmaniose para a população humana que permanecer nesse local.

Palabras llave : Phlebotominae; Bichromomyia flaviscutellata; Isca animal; Infecção natural.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés