SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue6Antituberculosis drug-induced hepatotoxicity: a comparison between patients with and without human immunodeficiency virus seropositivityNosocomial infections in a Brazilian neonatal intensive care unit: a 4-year surveillance study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

NEVES, Mariana Tresoldi das; LORENZO, Mariana Eliza Pinto de; ALMEIDA, Ricardo Augusto Monteiro Barros  and  FORTALEZA, Carlos Magno Castelo Branco. Uso de antimicrobianos e incidência de Pseudomonas aeruginosa multidroga-resistente em um hospital de ensino: uma abordagem ecológica. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2010, vol.43, n.6, pp.629-632. ISSN 0037-8682.  https://doi.org/10.1590/S0037-86822010000600005.

INTRODUÇÃO: Pseudomonas aeruginosa multirresistente é uma grande ameaça a pacientes nos serviços de saúde. O uso de antimicrobianos pode influenciar a incidência de isolados resistentes por mecanismos diretos e indiretos. Estudos ecológicos são indicados para avaliação conjunta desses mecanismos. MÉTODOS: Foi analisada a relação entre o uso de antimicrobianos antipseudomonas e a incidência de PAMR em 18 unidades de um hospital de 400 leitos. O estudo teve delineamento ecológico retrospectivo, abordando dados dos anos de 2004 e 2005. Dados sobre uso de quatro antimicrobianos (amicacina, ciprofloxaxina, ceftazidima e imipenem) foram testados para correlação com a incidência de PAMR (resistente aos quatro antimicrobianos de interesse). Análises univariadas e multivariadas foram realizadas por regressão linear. RESULTADOS: Na análise univarida, foram encontradas correlações significantes entre uso e resistência para os quatro antimicrobianos testados: amicacina (coeficiente de correlação padronizado = 0,73; p = 0,001), ciprofloxacina (0,71; p = 0,001), ceftazidima (0,61; p = 0,007) e imipenem (0,87, p < 0,001). Na análise univariada, somente imipenem (0,67; p = 0,01) foi relacionado de forma indepentente à incidência de PAMR. CONCLUSÕES: Esses achados apresentam semelhanças com outros obtidos em estudos observacionais de base individual, e têm implicância práticas para o controle de infecção em hospitais.

Keywords : Pseudomonas aeruginosa; Resistência antimicrobiana; Estudo ecológico.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License