SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 issue4Anti-HBs levels among children and adolescents with complete immunization schedule against hepatitis B virus. A cross-sectional study in Blumenau, State of Santa Catarina, Brazil, 2007-2008Lipodystrophy in HIV/AIDS patients with different levels of physical activity while on antiretroviral therapy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

TONIAL, Gabriela Chiochetta et al. Soroprevalência de marcadores da hepatite B e cobertura de vacinação em adolescentes no município de Itajaí, Estado de Santa Catarina Sul do Brasil, em 2008. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2011, vol.44, n.4, pp. 416-419. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822011000400003.

INTRODUÇÃO: A hepatite B constitui uma causa relevante de morbidade e mortalidade em todo o mundo. No Brasil, entretanto, a situação epidemiológica atual não é claramente conhecida. Considerando-se a importância do estabelecimento de tal prevalência, o objetivo deste estudo foi determinar a prevalência dos marcadores de HBV em adolescentes voluntários, estudantes do ensino fundamental na Cidade de Itajaí, Santa Catarina, Brasil. MÉTODOS: Trata-se de um estudo soroepidemiológico, transversal, conduzido com 353 adolescentes do ensino fundamental, randomicamente selecionados, em 2008. As amostras de sangue foram analisadas quanto à presença dos marcadores HBsAg, anti-HBc e anti-HBs. Todas as análises foram conduzidas em ensaio imunoenzimático de micropartículas automatizado (Abbott®, AxSYM system, Deerfield, IL, EUA), de acordo com as instruções do fabricante. RESULTADOS: A prevalência do HBsAg foi de 0,6% (CI 95% 0,1 - 2,0), do anti-HBc foi de 1,1% (CI 95% 0,3 - 2,9) e de títulos detectáveis de anti-HBs foi de 83,6% (CI 95% 79,3 - 87,3). A cobertura vacinal nos adolescentes estudados foi de 97,5% (CI 95% 95,2 - 98,8). CONCLUSÕES: Estes resultados demonstram o sucesso do programa de vacinação contra a hepatite B na região estudada e indicam que as estratégias de prevenção devem ser mantidas e, se possível, expandidas para que contribuam no estabelecimento de taxas de prevalência positivas em todas as faixas etárias.

Keywords : Hepatite B; Prevalência; Vacinação.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English