SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número1Prevalence of serum antibodies to hantavirus in a rural population from the southern state of Santa Catarina, BrazilIncidence of congenital toxoplasmosis in the city of Belém, state of Pará, northern Brazil, determined by a neonatal screening program: preliminary results índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versión impresa ISSN 0037-8682

Resumen

BRAZIL, Reginaldo Peçanha et al. Lutzomyia longipalpis (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) na região de Saquarema: área potencial de transmissão da leishmaniose visceral no estado do Rio de Janeiro, Brasil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.1, pp. 120-121. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822012000100023.

INTRODUÇÃO: Lutzomyia longipalpis é o principal transmissor da Leishmania infantum chagasi nas Américas. MÉTODOS: Capturas de flebotomineos, utilizando armadilhas luminosas, foram realizadas durante 2008/2009 em uma área rural, endêmica para leishmaniose cutânea, localizada no Maciço de Mato Grosso no Município de Saquarema, Rio de Janeiro, Brazil. RESULTADOS: Entre outras espécies capturadas observamos a presença da Lutzomyia longipalpis. CONCLUSÕES: Este é o primeiro relato da ocorrência do vetor da leishmaniose visceral (Lutzomyia longipalpis) nesta área litorânea do Estado do Rio de Janeiro, significando um risco potencial na transmissão da leishmaniose visceral sendo necessária uma vigilância ativa por todos os municípios próximos.

Palabras llave : Lutzomyia longipalpis; Leishmaniose visceral; Rio de Janeiro.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés