SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue2Seroprevalence of Helicobacter pylori infection in chagasic and nonchagasic patients from the same geographical region of BrazilAssessment of integration of the leprosy program into primary health care in Aracaju, state of Sergipe, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

SILVA, Antonio Rafael da et al. Hanseníase no município de Buriticupu, estado do Maranhão: busca ativa na população geral. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.2, pp.199-202. ISSN 0037-8682.  https://doi.org/10.1590/S0037-86822012000200012.

INTRODUÇÃO: O estudo foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a situação da hanseníase na população geral do município de Buriticupu, Estado do Maranhão, Brasil. MÉTODOS: Foi empregado o método de busca ativa na identificação de casos novos, de 2008 a 2010. Baciloscopia de raspado intradérmico foi feita em todos os pacientes com lesões de pele compatíveis com hanseníase e exame histopatológico, naqueles em que havia dúvidas na definição da forma clínica. RESULTADOS: Participaram do estudo 19.104 indivíduos, sendo que o exame clínico definiu o diagnóstico de hanseníase em 42 pacientes, o que representa um coeficiente de detecção de 219,84/100.000 habitantes. A forma clínica predominante foi a tuberculóide com 24 (57,1%) casos, seguindo-se da dimorfa, com 11, da indeterminada, com 4 e da virchowiana com 3 casos. O estudo permitiu, ainda, a identificação de 81 pacientes com passado de hanseníase, além de outras doenças da pele, tais como pitiríase versicolor, dermatofitose, escabiose, vitiligo e carcinoma de pele. O teste binomial mostrou que a proporção de casos na sede foi significativamente maior que a dos povoados, p= 0,04 e o teste exato generalizado que não há associação entre faixa etária e forma clínica (p=0,438), bem como entre faixa etária e sexo (p=0,083). CONCLUSÕES: O elevado coeficiente de detecção define o município como hiperendêmico para a hanseníase; a busca ativa de casos é um método importante, bem como a organização dos serviços de saúde, para o controle da doença.

Keywords : Hanseníase; Detecção; Busca ativa; Estado do Maranhão.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License