SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue2Assessment of integration of the leprosy program into primary health care in Aracaju, state of Sergipe, BrazilEchocardiographic parameters associated with pulmonary congestion in outpatients with Chagas' cardiomyopathy and non-chagasic cardiomyopathy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

MONTEIRO, Wuelton Marcelo et al. Comportamento biológico de isolados de Trypanosoma cruzi obtidos no estado do Amazonas, Amazônia Ocidental Brasileira, em camundongos. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.2, pp.209-214. ISSN 0037-8682.  https://doi.org/10.1590/S0037-86822012000200014.

INTRODUÇÃO: A diversidade biológica dos estoques Trypanosoma cruzi circulantes na Região Amazônica pode desempenhar importante papel nas características clínico-epidemiológicas peculiares da doença de Chagas nesta área. MÉTODOS: Sete isolados de T. cruzi do Estado do Amazonas provenientes de humanos, mamíferos silvestres e triatomíneos, pertencentes aos genótipos TcI e Z3, foram biologicamente caracterizados em camundongos Swiss. Foram avaliados parâmetros parasitológicos e histopatológicos. RESULTADOS: Quatro isolados não produziram parasitemia patente em camundongos. Três isolados promoveram baixa parasitemia com longos períodos pré-patentes, período patente de um dia ou parasitemia oscilante. A parasitemia máxima variou de 1.400 a 2.800 tripomastigotas/0,1mL de sangue. Os camundongos inoculados com os isolados estudados mostraram baixa positividade no exame a fresco, variando de 0 a 28,6%. Para a hemocultura, a positividade variou de 0 a 100%. Parasitismo cardíaco foi observado em camundongos inoculados com os isolados AM49 e AM61. O isolado AM49 produziu inflamação moderada no tecido cardíaco. Processo inflamatório discreto foi observado no tecido cardíaco de camundongos inoculados com os isolados AM28, AM38, AM61 e AM69. Processo inflamatório em músculo esquelético foi muito frequente. O exame do tecido cerebral revelou focos inflamatórios e gliose em camundongos inoculados com o isolado AM49. CONCLUSÕES: A caracterização biológica e histopatológica demonstrou baixa infecciosidade e virulência dos estoques de T. cruzi isolados no Estado do Amazonas.

Keywords : Doença de Chagas; Trypanosoma cruzi; Virulência; Patogenicidade; Camundongos Swiss; Amazônia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License