SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue2Comparison among three polymerase chain reaction assays on detection of DNA from Leishmania in biological samples from patients with american cutaneous leishmaniasisPatient with chronic Chagas heart disease, hepatosplenic schistosomiasis and acquired immunodeficency syndrome: possible spontaneous resolution of thrombus in the right ventricle author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

FAGUNDES, Glauco Danielle; TABALIPA, Fábio de Oliveira  and  SILVA, Jane da. Níveis de anticorpos em crianças 10 anos após a vacinação contra hepatite B: um estudo brasileiro de base comunitária. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.2, pp.260-262. ISSN 0037-8682.  https://doi.org/10.1590/S0037-86822012000200024.

INTRODUÇÃO: Sabe-se que a vacina contra a hepatite B é eficaz, mas é preocupante que quedas bruscas nos níveis de anticorpos possam coincidir com o início da adolescência. MÉTODOS: Níveis de anticorpos anti-HBs e anti-HBc foram medidos nas amostras de sangue de crianças com idade média de 11,4 anos. RESULTADOS: Cerca de 54,8% apresentaram níveis protetores de anti-HBs. Dos que apresentaram anti-HBc positivo (4,4%), uma média de anti-HBs de 218,4mUI/mL foi encontrada. CONCLUSÕES: Proteção imunológica foi encontrada na maioria das crianças. No entanto, mais estudos são necessários para elucidar a herança de não-respondedores e estabelecer estratégias contra tais acontecimentos.

Keywords : Vírus da hepatite B; Vacinação; Anti-HBS; Anti-HBc; HBsAg.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License