SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número3Chagas disease: What is known and what should be improved: a systemic reviewHepatitis B virus infection in children, adolescents, and their relatives: genotype distribution and precore and core gene mutations índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versión impresa ISSN 0037-8682

Resumen

BONA, Ana Caroline Dalla; TWERDOCHLIB, Adriana Lacerda  y  NAVARRO-SILVA, Mário Antônio. Diversidade genética dos vírus dengue sorotipos 1 e 2, no Estado do Paraná, Brasil, baseada no fragmento da junção do gene capsídeo/pré-membrana. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.3, pp. 297-300. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822012000300003.

INTRODUÇÃO:A identificação precisa da variante genética do vírus da dengue é importante para compreender a dispersão, virulência e identificação das cepas responsáveis pelas epidemias. O objetivo da pesquisa foi investigar a variação genética do fragmento da junção do gene capsídeo/pré-membrana dos sorotipos 1 e 2. MÉTODOS: Amostras de onze municípios do Estado Paraná, Brasil, foram cedidas pelo Laboratório Central do Paraná e consistiam em isolados de cultura de células da linhagem C6/36 (Aedes albopictus), positivos para técnica de imunofluorescência indireta. O Ribonucleic acid (RNA) dessas amostras foi extraído, seguido da transcrição reversa, reação em cadeia da polimerase (PCR) e nested PCR. RESULTADOS: Co-infecção por DENV-1 e 2 (virus da dengue 1 e 2) foi observada em quatro pacientes, através da técnica Reverse transcriptase-polymerase chain reaction (RT-PCR). Para o DENV-1 a porcentagem de similaridade variou de 95 a 100% comparando com cepas do Genbank. Para o DENV-2 a porcentagem de similaridade variou de 98 a 100%. De acordo com o cladograma gerado, todas as cepas deste estudo se agruparam no genótipo V para DENV-1. Para o DENV-2 foi encontrada a cepa referente ao genótipo asiático/americano. CONCLUSÕES: O monitoramento das cepas circulantes torna-se uma ferramenta importante na detecção da migração dos subtipos do vírus da dengue envolvidos em epidemias.

Palabras llave : Infecção simultânea; RT-PCR; Flavivirus; Variação genética.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés