SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue4Liver fibrosis progression in HIV/hepatitis C virus coinfected patients with normal aminotransferases levelsDescriptive study of HTLV infection in a population of pregnant women from the state of Pará, Northern Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

LOPES, Luiz Antonio Bueno  and  SILVA, Edina Mariko Koga da. Fatores biológicos, comportamentais e socioeconômicos associados ao óbito por AIDS em Brasília, Brasil, em 2007. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.4, pp.448-452. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822012000400006.

INTRODUÇÃO: No Distrito Federal, Brasil, houve importante redução das taxas de mortalidade e de letalidade por AIDS logo após a introdução da terapia antirretroviral altamente ativa, mas nos últimos anos o declínio dessas taxas não foi significativo. Não adesão ao tratamento e diagnóstico tardio parecem ser os principais fatores que elevam o risco de óbito por AIDS. Fatores comportamentais, socioeconômicos e biológicos também podem estar associados ao maior risco de óbito por AIDS. O objetivo deste estudo foi identificar quais desses fatores apresentaram associação com os óbitos por AIDS no Distrito Federal. MÉTODOS: Estudo do tipo caso-controle, utilizando os dados registrados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação, em que foram considerados casos os óbitos por AIDS ocorridos em 2007, residentes no Distrito Federal e maiores de 12 anos de idade e, controles os doentes de AIDS que não foram a óbito até 31 de dezembro de 2007, também residentes no Distrito Federal e com mais de 12 anos de idade. Prepararam-se, para cada grupo, tabelas de frequência e proporção para as variáveis. Foi verificada a associação estatística de cada fator isoladamente com a ocorrência dos óbitos e também por meio de um modelo de análise multivariável por regressão logística. RESULTADOS: Os fatores que apresentaram associação com maior risco de óbito foram: usar drogas injetáveis, ter idade maior ou igual a 50 anos e residir em local cujos moradores possuem baixa renda per capita. CONCLUSÕES: Identificaram-se fatores associados ao óbito por AIDS que poderão nortear o planejamento em saúde.

Keywords : Mortalidade; Letalidade; Usuários de drogas; Distribuição por idade; Fatores socioeconômicos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License