SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número5Multidrug resistance genes, including blaKPC and blaCTX-M-2, among Klebsiella pneumoniae isolated in Recife, BrazilParacoccidioidomycosis case series with and without central nervous system involvement índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versión impresa ISSN 0037-8682

Resumen

MOURA, Tiane Martin de et al. Prevalência de genes codificadores de enterotoxinas e resistência antimicrobiana em estafilococos coagulase-negativo e coagulase-positivo isolados de morcilhas no sul do Brasil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.5, pp. 579-585. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822012000500008.

INTRODUÇÃO: Estafilococos são patógenos responsáveis por surtos de doenças transmitidas por alimentos. O estudo investigou a prevalência de genes de enterotoxinas e o perfil de resistência aos antimicrobianos em estafilococos coagulase-negativo (CoNS) e estafilococos coagulase-positivo (CoPS) isolados de morcilhas no sul do Brasil. MÉTODOS: Duzentas colônias típicas e atípicas do ágar Baird-Parker foram inoculadas em ágar sal-manitol. Oitenta e dois estafilococos manitol-positivos foram submetidos a testes bioquímicos e perfil de susceptibilidade antimicrobiana. A presença dos genes da coagulase (coa) e enterotoxinas (se) foi investigada por reação em cadeia da polimerase (PCR). RESULTADOS: Os isolados foram divididos em dois grupos: 75,6% (62/82) CoNS e 24,4% (20/82) CoPS. Através dos testes bioquímicos, 9 espécies foram determinadas, Staphylococcus saprophyticus (37,8%) e Staphylococcus carnosus (15,9%) foram as mais prevalentes. Testes de susceptibilidade demostraram fenótipos de resistência aos antibióticos administrados em humanos, como gentamicina, tetraciclina, cloranfenicol e eritromicina. O gene coa foi detectado em 19,5% (16/82) das cepas e quatro fragmentos de DNA polimórficos foram observados. Cinco CoNS contendo o gene coa foram submetidos ao sequenciamento do 16S rRNA e três mostraram similaridade com CoNS. Quarenta amostras foram positivas para pelo menos um gene se, os mais frequentes foram sea (28,6%) e seb (27,5%). CONCLUSÕES: A presença de resistência aos antimicrobianos e de genes se nos isolados de morcilha indicou que este alimento pode representar um risco potencial à saúde, já que a presença nos alimentos pode causar doenças de origem alimentar ou ser uma possível rota de transferência de estafilococos resistentes aos humanos.

Palabras llave : Enterotoxina estafilocócica; Coagulase; Resistência antimicrobiana.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés