SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número5Multiple causes of death related to Chagas' disease in Brazil, 1999 to 2007Profile and geographic distribution of reported cases of visceral leishmaniasis in Campo Grande, State of Mato Grosso do Sul, Brazil, from 2002 to 2009 índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versión impresa ISSN 0037-8682

Resumen

DINIZ, Doracy Silva; COSTA, Alexandre Sylvio Vieira  y  ESCALDA, Patrícia Maria Fonseca. Efeito da idade na frequência das reações adversas provocadas pelo antimônio no tratamento de pacientes com leishmaniose tegumentar americana, em Governador Valadares, Estado de Minas Gerais, Brasil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.5, pp. 597-600. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822012000500011.

INTRODUÇÃO: Governador Valadares constitui uma área endêmica de leshmaniose tegumentar americana (LTA) e o coeficiente de detecção foi de 15,36/100.000 habitantes no período de 2001 a 2006 (Miranda, 2008). Este estudo teve como objetivo analisar o efeito da idade na frequência das reações adversas provocadas pelo antimônio no tratamento de pacientes com LTA, em Governador Valadares, Estado de Minas Gerais, Brasil, no período de janeiro a dezembro de 2009. MÉTODOS: Para coleta de dados foram utilizados: ficha de notificação do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), prontuários, questionário e visitas domiciliares aos pacientes. RESULTADOS: Participaram do estudo 40 pacientes, sendo 26 (65%) do sexo masculino. Os indivíduos acima de 50 anos de idade tiveram prevalência 66% maior de reações adversas que as pessoas com idade de 50 ou menos (IC 95% -1,14-2,41). A média de idade dos indivíduos que relataram algum tipo de reação adversa foi de 44,11 anos (DP=20,14), enquanto no grupo que não relatou reação adversa, a média de idade foi de 25,46 anos (DP=18,37) e p < 0,01. A cura clínica foi de 67,5% e 10% dos pacientes abandonaram o tratamento. CONCLUSÕES: No tratamento da LTA, a idade do paciente deve ser considerada; pois ocorrem mais reações adversas em indivíduos acima de 50 anos de idade, que nesses casos o medicamento deve ser utilizado com restrição.

Palabras llave : Leishmaniose tegumentar americana; Tratamento; Governador Valadares.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés