SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue5Spatial distribution of schistosomiasis and geohelminthiasis cases in the rural areas of Pernambuco, BrazilThe first record of Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) in the State of Paraná, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

LOPES, Marta Heloisa et al. Revacinação contra hepatite B para profissionais de saúde com anti-HBs negativo após receber esquema primário de vacinação completo. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2012, vol.45, n.5, pp.639-642. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822012000500018.

INTRODUÇÃO: Esse estudo avaliou a resposta à revacinação contra hepatite B (HB) entre profissionais de saúde (PS) com anti-HBs negativo após esquema de vacinação completo. MÉTODOS: PS cujo anti-HBs foi realizado > 90 dias após a última dose do esquema vacinal receberam 4ª dose da vacina. O anti-HBs foi repetido 30-90 dias após. RESULTADOS: Entre 170 PS, 126 (74,1%) tiveram anti-HBs positivo após a 4ª dose. CONCLUSÕES: Repetir o teste sorológico após a 4ª dose é estratégia prática caso o anti-HBs tenha sido realizado > 90 dias após a última dose da vacina.

Keywords : Vacinação contra hepatite B; Profissionais de saúde.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License