SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 número2Gastric and colorectal cancer mortality in an urban and industrialized area of BrazilNecrotizing fasciitis in a newborn infant: a case report índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista do Hospital das Clínicas

versión On-line ISSN 1678-9903

Resumen

ANELLI, Agnaldo et al. Quimioterapia versus melhor tratamento de suporte em câncer de pulmão estádio clínico IV não metastático para o sistema nervoso central. Rev. Hosp. Clin. [online]. 2001, vol.56, n.2, pp.53-58. ISSN 1678-9903.  http://dx.doi.org/10.1590/S0041-87812001000200004.

O câncer de pulmão de células não pequenas em estádio IV é uma doença fatal, com uma sobrevida mediana de seis meses. Quimioterapia é a abordagem mais freqüente, apresentando um impacto na sobrevida controverso e questionável alteração na qualidade de vida. OBJETIVOS: Comparar o impacto na sobrevida global e na qualidade de vida em pacientes portadores de câncer de pulmão de células não pequenas, estádio IV, tratados com suporte clínico ou quimioterapia. PACIENTES: Entre fevereiro de 1990 e dezembro de 1995, 78 pacientes (pts) portadores de câncer de pulmão de células não pequenas estádio IV foram admitidos. Os pacientes foram divididos em dois grupos: grupo A (n=31 ¾ tratados com suporte clínico) e grupo B (n=47, tratados com quimioterapia). RESULTADOS: A sobrevida mediana no grupo tratado com suporte clínico foi de 23 semanas (variando de 5-153 semanas) e de 55 semanas no grupo tratado com quimioterapia (variando de 7,4 a 213 semanas), p= 0,0018 ¾ Qui-quadrada. Em ambos grupos, a incidência de internações hospitalares para a administração intravenosa de antibióticos e hemoderivados foi similar. Pacientes recebendo quimioterapia, foram estratificados entre àqueles que receberam mitomicina, vinblastina e cisplatina, n=25 e àqueles recebendo outros regimes (derivados de platina, associados à outras drogas, n= 22). Pacientes recebendo mitomicina, vinblastina e cisplatina, n=25 apresentaram uma incidência mais alta de neutropenia febril e tiveram atrasos mais longos entre os ciclos de quimioterapia, quando comparados aos pacientes do outro grupo. Pacientes recebendo mitomicina, vinblastina e cisplatina, n=25, também apresentaram uma pior sobrevida mediana (51 versus 66 semanas, p= 0,005 ¾ Qui-quadrado). CONCLUSÕES: Em pacientes com câncer de pulmão de células não pequenas, estádio IV, não metastático para os pulmões, o uso de quimioterapia aumenta a sobrevida de maneira estatisticamente significativa, quando comparado aos cuidados de suporte.

Palabras clave : Quimioterapia; Câncer de pulmão de células não pequenas; Suporte clínico; Metomicina, vinblastina e cisplatina; Doença fatal.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons