SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.56 issue5Friedreich's ataxia: clinical and molecular study of 25 Brazilian casesProstate carcinoma with neuroendocrine differentiation: case report and literature review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Hospital das Clínicas

Print version ISSN 0041-8781

Abstract

FEFERBAUM, Rubens et al. Monitorização do vale e pico sérico de vancomicina em recém-nascidos de termo: comparação entre as técnicas de cromatografia líquida de alta eficácia e imunoensaio por fluorescência polarizada. Rev. Hosp. Clin. [online]. 2001, vol.56, n.5, pp. 149-152. ISSN 0041-8781.  http://dx.doi.org/10.1590/S0041-87812001000500004.

INTRODUÇÃO: Foi realizada monitorização dos níveis séricos de vancomicina em recém-nascidos de termo com sepse ou suspeita de sepse Staphylococcus sp., através da cromatografia líquida de alta eficácia (HPLC) e imunoensaio por fluorescência polarizada (FPIA). OBJETIVO: Verificar a existência de correlação estatística entre os resultados obtidos pelas duas técnicas. MÉTODO E CASUÍSTICA: Foram obtidas dezoito e vinte concentrações séricas de vancomicina no pico e vale respectivamente, em recém-nascidos de termo, no período de outubro de 1995 a outubro de 1997. RESULTADO: O coeficiente de correlação linear para pico sérico foi de 0,27, p=0,110 e para vale sérico 0,26, p= 0,1045 não sendo estatisticamente significativo, não sendo estatisticamente significativo. CONCLUSÃO: Apesar da pequena casuística, não houve correlação estatisticamente significante entre os resultados obtidos pelos duas técnicas.

Keywords : Cromatografia de alta eficácia; Imunoensaio por fluorescência Polarizada; Vancomicina; Sepse; Recém-nascido.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English