SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 issue6Transplants: bioethics and justiceResults of microsurgical anastomosis in men with seminal tract obstruction due to inguinal herniorrhaphy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Hospital das Clínicas

On-line version ISSN 1678-9903

Abstract

PONTE, Marinice Duarte da  and  MARBA, Sérgio Tadeu Martins. Hemorragia periintraventricular em recém-nascidos menores de 1500 gramas: análise comparativa entre duas instituições. Rev. Hosp. Clin. [online]. 2003, vol.58, n.6, pp. 299-304. ISSN 1678-9903.  http://dx.doi.org/10.1590/S0041-87812003000600002.

OBJETIVO: Caracterização das hemorragias periintraventriculares no período neonatal, em recém-nascidos de muito baixo peso (<1500g), em duas instituições de atendimento terciário neonatal. MÉTODOS: O estudo foi observacional e transversal, em duas unidades de terapia intensiva neonatais, a da Maternidade de Campinas e a do Centro de Atenção Integrada à Saúde da Mulher da Universidade Estadual de Campinas, no período de 01 de Dezembro de 1998 a 30 de Novembro de 1999. Rastreamos 187 recém-nascidos para a pesquisa de hemorragias, através de ultra-sonografia transfontanelar (76 e 111, respectivamente, na primeira e segunda unidade) e as classificamos em 4 graus. Verificamos o sexo, crescimento intra-uterino, peso e idade gestacional ao nascimento. RESULTADOS: Diagnosticamos 34 casos de hemorragias (13 e 21, respectivamente) e os dois grupos diferiram no peso de nascimento e adequação do peso à idade gestacional. Não existiu diferença na prevalência ou extensão das hemorragias entre ambos. Houve correlação do peso e da idade gestacional com a sua ocorrência, e a idade gestacional inferior a 30 semanas mostrou significativa associação. CONCLUSÃO: A prevalência das hemorragias periintraventriculares em nosso estudo foi comparável à da literatura mundial. Embora os recém-nascidos da segunda instituição tivessem menor média de peso, sua prevalência de hemorragias foi semelhante à da primeira, provavelmente porque nessa, 69% dos neonatos com hemorragia tinha uma idade gestacional inferior a 30 semanas (e 48% na segunda). Destacamos a importância do método ultra-sonográfico para o diagnóstico das hemorragias periintraventriculares em recém-nascidos de muito baixo peso.

Keywords : Hemorragia intracraniana; Hemorragia intraventricular; Recém-nascido pré-termo; Ultra-sonografia transfontanelar.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License