SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 número5Pênfigo foliáceo endêmico (fogo selvagem) e pênfigo vulgar: heterogeneidade da imunoglobulina G detectada através da imunofluorescência indiretaSete ou quatorze dias para a retirada da sonda vesical de demora após prostatectomia radical retropúbica: implicações clínicas e complicações em um estudo randomizado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista do Hospital das Clínicas

versão impressa ISSN 0041-8781

Resumo

BARROS, Alfredo Carlos S. D. et al. Indução da carcinogênese mamária experimental em ratas com 7,12-dimetilbenz(a)antraceno. Rev. Hosp. Clin. [online]. 2004, vol.59, n.5, pp. 257-261. ISSN 0041-8781.  http://dx.doi.org/10.1590/S0041-87812004000500006.

OBJETIVO: Testar um modelo experimental de indução química de carcinogênese mamária em ratas. MATERIAL E MÉTODOS: Com 47 dias de vida, 20 ratas Sprague-Dawley, jovens e virgens, receberam por gavagem intragástrica 20 mg de 7,12-dimetilbenz(a)antraceno (DMBA). Oito e 13 semanas depois da injeção de droga as mamas das ratas foram examinadas. Ao final os animais foram sacrificados e fragmentos dos tumores foram estudados ao microscópio. RESULTADO: Oito semanas depois da injeção de DMBA 16 ratas apresentavam tumor nas mamas (80%). Com 13 semanas todas desenvolveram carcinomas de mama (100%), que foram confirmados por análise histopatológica. CONCLUSÃO: Este modelo experimental de indução química de carcinogênese mamária é factível e pode ser empregado em futuras pesquisas para avaliar o papel de substâncias biomoduladoras da tumorigênese.

Palavras-chave : Câncer de mama; Modelos animais; Carcinógenos; Tumores induzidos por DMBA; Carcinogênese mamária em ratas.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês