SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 issue3Uma nova Trigonia da flora da VenezuelaSobre os vetores de leishmaniose cutânea na Amazônia central do Brasil. 2: incidência de flagelados em flebótomos selváticos () author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Abstract

VICHI, F. L.  and  SOUZA, J. M.. The physical capacity of different professional groups of Brazilian Amazonians, studied by cycle ergometry (). Acta Amaz. [online]. 1978, vol.8, n.3, pp.381-386. ISSN 0044-5967.  http://dx.doi.org/10.1590/1809-43921978083381.

Um estudo da capacidade física de sete diferentes grupos profissionais residindo na Amazônia brasileira foi realizado. Determinaram-se suas capacidades utilizando-se a bicicleta ergométrica como método. Os grupos profissionais foram os seguintes: militares, trabalhadores rurais, trabalhadores do porto fluvial de Belém, índios Kayapós não civilizados — 10 pessoas de cada. Completaram a série: jogadores profissionais de futebol, sedentários e trabalhadores urbanos — 5 pessoas de cada. Os melhores resultados foram obtidos nos futebolistas e militares. Constituindo um segundo agrupamento, situaram-se os demais, com exceção dos sedentários que se revelaram com a pior condição física, bem abaixo dos restantes. É importante ressaltar que os aniazonidas de uma forma genérica, embora vivendo em ambientes de altas temperaturas e umidades, demonstraram condições físicas comparáveis com habitantes do interior do Estado de São Paulo (cidade de Ribeirão Preto). Os rurícolas, superaram em aptidão física o grupo estudado em São Paulo. Isto talvez se deva às melhores condições de nutrição dos rurícolas da Amazônia (alta ingestão de proteínas e vitaminas). Os índios Kayapós, cujas capacidades físicas foram talvez determinadas pela primeira vez, demonstraram condicionamentos físicos comparáveis com a média da população estudada.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )