SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número2Morfologia Polínica de Populações Amazônicas de Elaeis oleiferaAnatomia Foliar e Caulinar de Picrolemma sprucei Hook (Simaroubaceae) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Amazonica

versão impressa ISSN 0044-5967

Resumo

LOPES, Maria Rosélia Marques  e  BICUDO, Carlos Eduardo de Mattos. Desmidioflórula de um Lago da Planície de Inundação do Rio Acre, Estado do Amazonas, Brasil. Acta Amaz. [online]. 2003, vol.33, n.2, pp.167-212. ISSN 0044-5967.  http://dx.doi.org/10.1590/1809-4392200332212.

Este trabalho trata da desmidioflórula de um lago marginal do rio Acre, lago Novo Andirá (AM), baseado na análise de 52 amostras coletadas, mensalmente, no período de maio/ 1988 a junho/1989. Foram identificados e descritos 98 táxons de desmídias, dos quais 38 são variações da espécie típica correspondente, distribuídos em 10 gêneros e três famílias. Os gêneros Cosmarium, Closterium e Staurastrum foram, em termos qualitativos, os mais bem representados, com 29, 19 e 16 espécies, respectivamente; os menos representados foram Gonatozygon, Octacanthium e Xanthidium, com uma espécie cada. A distribuição geográfica foi feita com base na literatura publicadada até dezembro de 1998 e foram considerados tanto os trabalhos mais completos, com descrições e/ou ilustrações, quanto aqueles nos quais constam apenas listagem de espécies. Devido à variação morfológica observada na população, particularmente neste trabalho, o gênero Staurastrum foi o que apresentou maiores problemas taxonômicos, conflitando dados registrados em literatura. A variação morfológica em nível populacional também impossibilitou a identificação de Euastrum verrucosum Ehrenberg ex Ralfs.

Palavras-chave : Desmídias; Lago Amazônico; Taxonomia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )