SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 issue4Floristic and structural comparisons among palm communities in primary and secondary forest fragments of the Raimundo Irineu Serra Environmental Protection Area - Rio Branco, Acre, BrazilQFD Method as a Tool for Conceitual Development of Amazonian Wood Products author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967

Abstract

COSTA NETO, António Ribeiro da et al. Gestão dos espaços naturais de Manaus: uma interpretação da sensibilização e participação pública na conservação de áreas protegidas. Acta Amaz. [online]. 2010, vol.40, n.4, pp. 667-674. ISSN 0044-5967.  http://dx.doi.org/10.1590/S0044-59672010000400005.

O crescimento demográfico da população de Manaus, principalmente a partir da metade do século XX, pressionou a ocupação de novos espaços com o uso, exploração, descaracterização, fragmentação e sub-fragmentação da paisagem e, em alguns casos, até a destruição da mesma. O envolvimento e a participação das comunidades do entorno das áreas protegidas, é fundamental em qualquer modelo ou plano de gestão. Com o objetivo de identificar e avaliar o grau de participação da população local no contexto da proteção dessas áreas, adotou-se procedimentos metodológicos exploratórios por intermédio de pesquisas qualitativa e quantitativa de abrangência sócio-natural. Em regiões próximas a cinco unidades de conservação situadas em locais estratégicos e de distintas categorias de manejo, a interpretação foi realizada utilizando as técnicas de percepção ambiental e a representação social. Dos resultados da pesquisa, pode-se inferir que os níveis de participação através das representações sociais, refletem os conflitos existentes entre o homem e a natureza, fortemente influenciados pelos níveis de escolaridade, faixa etária, estratificação social e percepção ambiental dos sujeitos da pesquisa sobre o meio em que compartilham suas diversas relações. Os cenários atuais, tendencial e normativo das paisagens naturais, modificadas ou mesmo organizadas da área de estudo, quando observados e analisados sob uma ótica investigativa, refletem essas diversas relações "in naturas" que vêm ocorrendo de forma dinâmica e com elevadíssimo grau de intensidade e rapidez, traduzida na violenta fragmentação dos ecossistemas naturais pela ação antrópica.

Keywords : áreas protegidas; conservação ambiental; representação social.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese