SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 issue4Mineralogy and geochemistry of soil profiles with Archeological Black Earth from Bom Jesus do Tocantins, southeastern AmazonDynamics and carbon storage in primary forest in the region of Manaus / AM author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967

Abstract

MATOS, Gilson Sergio Bastos de et al. Desenvolvimento inicial e estado nutricional de clones de eucalipto no nordeste do Pará. Acta Amaz. [online]. 2012, vol.42, n.4, pp. 491-500. ISSN 0044-5967.  http://dx.doi.org/10.1590/S0044-59672012000400006.

O objetivo desta pesquisa foi avaliar o desenvolvimento inicial, nutrição e fertilidade do solo em plantio de clones de eucalipto no nordeste do Pará. Os tratamentos constaram de cinco clones (Eucalyptus grandis x E. urophylla - 03 e 09, E. urophylla x E. camaldulensis - 32, E. grandis x E. pellita - 07 e E. camaldulensis - 11), dispostos em delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições. Cinco meses após plantio foram avaliadas a altura e sobrevivência das plantas. Aos 18 meses, além dessas variáveis, foram avaliados o diâmetro à altura do peito (DAP), a fertilidade do solo (profundidades 0-10 e 10-20 cm) e os nutrientes foliares. A altura e o DAP das árvores não variaram entre clones nas épocas de avaliação. Houve diferença na porcentagem de sobrevivência apenas aos 18 meses, sendo do clone 07 a menor média apresentada. Na camada de 0-10 cm foram observados os menores valores de K trocável no solo sob os clones 09 e 07, nas parcelas deste último foram observado também a menor CTC. Na camada de 10-20 cm, o menor valor de N no solo esteve sob o clone 32, enquanto que o K e Ca trocáveis foram encontrados em maiores quantidades sob o clone 03. De maneira geral, foram observadas as maiores concentrações de todos os nutrientes, com exceção do N, nas folhas dos clones 11 e 32. Desta forma, os clones apresentaram respostas nutricionais diferentes na área de estudo, assim como o solo sob cada material genético apresentou valores variados de fertilidade. Essas variações, entretanto, pouco foram observadas no desenvolvimento inicial das árvores.

Keywords : reflorestamento; fertilidade do solo; Eucalyptus grandis x E. urophylla; E. pellita; E. camaldulensis.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese