SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue3Reproductive biology of Macrobrachium surinamicum (Decapoda: Palaemonidae) in the Amazon River mouthBlood reference intervals and the influence of age and gender on hematologic and biochemical parameters of Santa Ines sheep bred ​​in the eastern Amazon author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Abstract

SOUZA, Helder Rocha de; CORREA, Angela Maria da Silva; CRUZ-BARROS, Maria Amélia Vitorino da  and  ALBUQUERQUE, Patrícia Maia Correia de. Espectro polínico da própolis de Scaptotrigona aff. postica (Hymenoptera, Apidae, Meliponini) em Barra do Corda, MA, Brasil. Acta Amaz. [online]. 2015, vol.45, n.3, pp.307-316. ISSN 0044-5967.  https://doi.org/10.1590/1809-4392201403663.

A própolis é uma substância resinosa coletada por abelhas de diferentes partes de uma planta, portanto, sua qualidade é relacionada à sua origem botânica. O objetivo deste trabalho foi verificar se os tipos polínicos encontrados indicam a origem botânica de suas resinas e contribuir com o conhecimento da relação destas abelhas com a vegetação do entorno do meliponário. Foram realizadas 31 coletas ao longo de 12 meses, com intervalo de sete dias entre elas. Os grãos de pólen foram extraídos da própolis e utilizados para confecção de lâminas para microscopia, posteriormente procedeu-se a identificação, contabilização e determinação das classes de frequência. Foram encontrados 94 tipos polínicos oriundos de 35 famílias botânicas. Borreria verticillata (34,17%) foi o tipo polínico mais frequente, seguido por Anadenanthera sp. (13,65%) e Mimosa caesalpiniifolia (10,5%). Fabaceae (38,37%) e Rubiaceae (34,18%) foram as famílias que apresentaram as maiores frequências polínicas. Foram encontrados também 34 tipos polínicos exclusivos, ou seja tipos ocorrentes somente em um determinado mês do ano, podendo ser indicadores da caracterização sazonal de floração das espécies e assim inferir dados sobre sua fenologia. Os resultados obtidos não possibilitaram a determinação da origem botânica das resinas, entretanto a grande variedade de tipos polínicos encontrados nas amostras de própolis indicou uma ampla interação entre as abelhas e as plantas e contribuíram para a caracterização fitogeográfica da própolis.

Keywords : abelha sem ferrão; meliponicultura; pólen.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )