SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 issue4Exercise Dependence Scale: adaptation and evidences of validity and reliabilityComparison of disordered eating between young athletes and non-athletes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal Brasileiro de Psiquiatria

Print version ISSN 0047-2085On-line version ISSN 1982-0208

Abstract

FORMIGA, Mariana Bandeira; VASCONCELOS, Selene Cordeiro; GALDINO, Melyssa Kellyane Cavalcanti  and  LIMA, Murilo Duarte da Costa. Presença de diagnóstico duplo entre usuários e não usuários de drogas lícitas e ilícitas no Brasil. J. bras. psiquiatr. [online]. 2015, vol.64, n.4, pp.288-295. ISSN 1982-0208.  http://dx.doi.org/10.1590/0047-2085000000091.

Objetivo

Investigar a ocorrência do diagnóstico duplo entre os usuários de drogas lícitas e ilícitas.

Métodos

Estudo analítico, transversal, com abordagem quantitativa, amostragem não probabilística do tipo intencional, realizado em dois centros de tratamento para a dependência química, por meio de entrevista individual. Utilizaram-se um questionário sociodemográfico, o Teste de Triagem do Envolvimento com Álcool, Tabaco e Outras Substâncias (ASSIST) e o Mini-International Neuropsychiatric Interview (MINI).

Resultados

Cento e dez voluntários divididos em abstinentes (grupo 1), alcoolistas (grupo 2) e usuários de álcool e drogas ilícitas (grupo 3). As substâncias mais consumidas foram álcool, tabaco, crack e maconha. Observou-se maior presença de diagnóstico duplo no grupo 3 (71,8%), decrescendo no grupo 2 (60%) e 37,1% dos abstinentes de drogas apresentaram transtorno psiquiátrico. O diagnóstico duplo foi associado a risco de suicídio, tentativas de suicídio e prática de atos infracionais. O consumo do crack foi associado à ocorrência do episódio depressivo maior e ao transtorno de personalidade antissocial.

Conclusão

Os usuários de drogas ilícitas apresentaram maior presença do diagnóstico duplo, evidenciando a gravidade desse quadro clínico. Considera-se imprescindível que essa realidade clínica seja incluída nas estratégias de intervenção, com o intuito de minimizar os prejuízos decorrentes do consumo dessas substâncias e proporcionar melhor qualidade de vida a essas pessoas.

Keywords : Transtorno por uso de substâncias; usuários de drogas; diagnóstico duplo; comorbidade psiquiátrica.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )