SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 número1Mulheres usuárias de crack: revisão sistemática da literatura brasileiraDelirium como fator de risco para demência em idosos: uma atualização índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Brasileiro de Psiquiatria

versão impressa ISSN 0047-2085versão On-line ISSN 1982-0208

Resumo

RIBEIRO, Rafaela Andreas S; NOVAES, Lais Fardim; FALEIROS, Maria Clara de Morais  e  MARCOS HORTES, N. Prevalência de síndrome das pernas inquietas em pacientes com demência: uma atualização. J. bras. psiquiatr. [online]. 2016, vol.65, n.1, pp.89-93. ISSN 0047-2085.  http://dx.doi.org/10.1590/0047-2085000000108.

Objetivo

Realizar uma revisão atualizada para avaliar a prevalência de síndrome das pernas inquietas e/ou movimentos periódicos dos membros em pacientes com demência, além de discutir dados sobre possíveis fatores de risco desses transtornos.

Métodos

A revisão foi realizada utilizando a base de dados do PubMed, com o seguinte cruzamento de descritores: (dementia, Alzheimer’s disease, dementia with Lewy’s body or frontotemporal dementia) e (restless legs syndrome or periodic leg movements).

Resultados

Foram selecionados sete artigos, os quais encontraram prevalência de síndrome das pernas inquietas, que variou de 4% a 24% em idosos com demência. Houve diferenças importantes entre os métodos utilizados para o diagnóstico, tamanho das amostras e causas de demência estudadas.

Conclusão

Mais estudos com o objetivo de refinar os critérios diagnósticos e definir fatores de risco, especialmente relacionadas a idosos com demência, são necessários. Além disso, deve-se ficar atento a essa comorbidade na prática clínica.

Palavras-chave : Demência; sono; síndrome das pernas inquietas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )