SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 número2Viabilidade do tratamento do soro de queijo com digestão anaeróbiaAcúmulo de trealose em linhagens de Saccharomyces durante fermentação alcoólica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Anais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

versão impressa ISSN 0071-1276

Resumo

GUTIERREZ, L.E.; ANNICCHINO, A.V.K.O.  e  LUCATTI, L.. Capacidade fermentativa de Saccharomyces cerevisiae enriquecida com ácidos graxos. An. Esc. Super. Agric. Luiz de Queiroz [online]. 1990, vol.47, n.2, pp. 575-595. ISSN 0071-1276.  http://dx.doi.org/10.1590/S0071-12761990000200017.

Levedura de panificaçao (Saccharomyces cerevisiae) foi obtida anaerobicamente (sem e com adição dos ácidos graxos palmítico, oleico e linoleico) e aerobicamente e utilizada em ensaios de fermentação com 14% e 16% de sacarose a 32°C. Não houve diferenças significativas, quanto a viabilidade celular, entre os tratamentos das leveduras com ácido oleico, ácido linoleico e aerobicamente (as quais foram ricas em palmitoleico e oleico). As leveduras enriquecidas com ácido palmítico e anaeróbicas apresentaram maior redução na viabilidade do que com ácidos graxos insaturados. Foi observado um aumento na produção de ácido pirúvico e uma redução nos álcoois superiores com a redução da viabilidade celular.

Palavras-chave : ácidos graxos; Saccharomyces cerevisiae; fermentação alcoólica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português