SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.99 número4Distribuição, dominância e estrutura de tamanhos da assembleia de peixes da lagoa Mangueira, sul do BrasilAtração de califorídeos (Diptera, Calliphoridae) por diferentes cores de armadilhas na Reserva Biológica do Tinguá, Rio de Janeiro, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Iheringia. Série Zoologia

versão impressa ISSN 0073-4721

Resumo

CARVALHO, Bianca de A; OLIVEIRA, Luiz F. B  e  MATTEVI, Margarete S. Filogenia das espécies de Thylamys (Didelphimorphia, Didelphidae), com ênfase a Thylamys karimii. Iheringia, Sér. Zool. [online]. 2009, vol.99, n.4, pp. 419-425. ISSN 0073-4721.  http://dx.doi.org/10.1590/S0073-47212009000400012.

O gênero Thylamys Gray, 1843 ocorre na região central e ao sul da América do Sul, habitando vegetações abertas e arbustivas, desde pradarias até florestas de ambientes secos, em contraste à preferência por habitats mais úmidos dos outros gêneros de Didelphidae. O gênero inclui T. elegans (Waterhouse,1839), T. macrurus (Olfers, 1818), T. pallidior (Thomas, 1902), T. pusillus (Desmarest, 1804), T. venustus (Thomas, 1902), T. sponsorius (Thomas, 1921), T. cinderella (Thomas, 1902), T. tatei (Handley, 1957), T. karimii (Petter, 1968) e T. velutinus (Wagner, 1842). Análises filogenéticas anteriores não incluíram a espécie brasileira T. karimii, que apresenta uma ampla distribuição no país. Neste estudo foram feitas análises filogenéticas visando estabelecer a relação entre a espécie brasileira T. karimii e as demais espécies incluídas em outras análises. Foram utilizados fragmentos de 402pb do gene mitocondrial citocromo b. As filogenias foram estimadas pelos métodos de máxima parcimônia (MP), máxima verossimilhança (ML), Análise Bayesiana (BY) e Neighbor-Joining (NJ). As topologias das árvores obtidas nas diferentes análises mostraram-se semelhantes e evidenciaram que T. karimii agrupa-se com as espécies T. pusillus, T. pallidior, T. tatei, and T. elegans, de ambientes secos e áridos. Os resultados obtidos neste trabalho sugerem cinco grupos de espécies em Thylamys, dos quais um poderia ser composto pelo grupo-irmão T. velutinus e T. kariimi, o qual seria o clado que colonizou o Brasil.

Palavras-chave : Citocromo b; Didelphidae; Didelphimorphia; América do Sul; filogenia de Thylamys.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês