SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.105 issue2Climate and land-use changes effects on the distribution of a regional endemism: Melanophryniscus sanmartini (Amphibia, Bufonidae)Ommatius nanciae, a new species from Ecuador (Diptera, Asilidae, Ommatiinae) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Iheringia. Série Zoologia

Print version ISSN 0073-4721On-line version ISSN 1678-4766

Abstract

MISE, Fábio T.; SOUZA, Fagner de; PAGOTTO, João P. A.  and  GOULART, Erivelto. Variações ecomorfológicas intraespecíficas em Poecilia reticulata (Actinopterygii, Cyprinodontiformes): comparando populações de ambientes distintos. Iheringia, Sér. Zool. [online]. 2015, vol.105, n.2, pp.217-222. ISSN 1678-4766.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-476620151052217222.

Variações morfológicas, de acordo com os princípios da ecomorfologia, podem ser relacionadas a diferentes aspectos do modo de vida dos organismos, como a ocupação de hábitats e comportamento alimentar. O presente estudo buscou analisar essas variações em nível intraespecífico em duas populações de Poecilia reticulata Peters, 1859, que ocorrem em dois tipos de ambientes, um lótico (ribeirão Maringá) e um lêntico (lago Jaboti). Por apresentar um acentuado dimorfismo sexual machos e fêmeas foram analisados separadamente. Assim, a hipótese proposta foi de que as populações, que ocorrem em ambientes distintos, possuem diferenças morfológicas. As variáveis morfológicas foram obtidas por meio de medidas morfométricas e índices ecomorfológicos. Os dados foram sumarizados em uma Análise de Componentes Principais. Também foi feita uma Análise de Variância Multivariada para verificar se existe diferença significativa na morfologia entre as populações. Machos e fêmeas mostraram padrões ecomorfológicos semelhantes de acordo com o ambiente em que ocorrem. No geral, a população do ribeirão Maringá apresentou nadadeiras com maiores áreas e a população do lago Jaboti apresentou olhos localizados em região mais dorsal. Adicionalmente, outras diferenças morfológicas como bocas mais largas nos machos do ribeirão Maringá, cabeças mais largas nas fêmeas do lago Jaboti e bocas mais protráteis nos machos do lago Jaboti, sugerem um conjunto de variáveis ambientais que possivelmente influenciam os padrões ecomorfológicos das populações, como, por exemplo, a corrente de água, disponibilidade de recursos alimentares e predação. Em síntese a hipótese inicial pode ser confirmada, evidenciando a ocorrência de ecomorfótipos distintos da mesma espécie de acordo com o tipo de ambiente.

Keywords : Índices ecomorfológicos; Poeciliidae; ocupação de hábitats; ecomorfotipos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )