SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 número2Competências compartilhadas em alianças estratégicas: um estudo da aliança Cosan e Shell no mercado de biocombustíveis índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Administração (São Paulo)

versão impressa ISSN 0080-2107

Resumo

MARTINO, Gaetano. Incerteza da qualidade e atribuição de direitos de decisão na designação de origem protegida europeia. Rev. Adm. (São Paulo) [online]. 2013, vol.48, n.2, pp.375-392. ISSN 0080-2107.  http://dx.doi.org/10.5700/rausp1094.

Neste artigo, consideram-se alguns problemas na governança da denominação de origem protegida (DOP) europeia. Os sistemas de DOP resultam das expectativas de agricultores e consumidores e conectam a valorização dos recursos agrícolas e rurais de determinados territórios com a qualidade de produtos típicos. Um ponto crítico na gestão dos sistemas DOP é representado pela conexão entre as estratégias de qualidade e a incerteza. Argumenta-se que os sistemas DOP podem ser pensados como subsistemas estritamente coordenados, nos quais ex post a governança desempenha um papel fundamental para lidar com a incerteza da qualidade. No estudo sugere-se que os incentivos da sociedade criam sistemas organizacionais complexos, nos quais a atribuição de direitos de decisão para organizações coletivas de DOP desempenha papel importante. A análise empírica é realizada por meio da análise de dez sistemas DOP italianos, a fim de identificar os direitos de decisão alocados.

Palavras-chave : denominação de origem protegida; adaptação; alocação de direitos de decisão; incerteza da qualidade; custos de monitoramento.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons