SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número1CONSTRUÇÃO DE BASES DE DADOS APLICADAS EM DIFERENTES ATIVIDADES DE ENFERMAGEMO REFLEXO DA IDEOLOGIA DOMINANTE NO POSICIONAMENTO DO ESTUDANTE DE ENFERMAGEM FRENTE AO ABORTO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Escola de Enfermagem da USP

versão impressa ISSN 0080-6234versão On-line ISSN 1980-220X

Resumo

RODRIGUES FILHO, José. SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO DE PACIENTES - PARTE II: CUSTO DE ENFERMAGEM. Rev. esc. enferm. USP [online]. 1994, vol.28, n.1, pp.41-49. ISSN 0080-6234.  https://doi.org/10.1590/0080-6234199402800100041.

Nesta parte, o autor afirma que a determinação do custo de enfermagem na área hospitalar tem sido uma grande preocupação dos administradores de enfermagem, especialmente nos países desenvolvidos. A determinação do custo de enfermagem é, geralmente, vista como urna grande vantagem para os profissionais de enfermagem. Três métodos de se alocar custos de enfermagem são descritos. O primeiro é o método do custo diario (per diem) que relaciona os custos de enfermagem diretamente com a média de permanência. O segundo método, medida de intensidade relativa, tenta relacionar o uso dos recursos de enfermagem com as condições médicas do paciente. A terceira alternativa de custos é baseada nos sistemas de classificação de pacientes, que medem as exigências do cuidado prestado ao paciente ou a força de trabalho da enfermagem.

Palavras-chave : custo de enfermagem; métodos de alocação; contabilidade de custos; serviço de enfermagem.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )