SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue1Adaptation of an instrument for the measurement of daily hours for nursing care at patient's homeKnowledge of nursing students on psychotropic drugs author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

SANCHEZ, Cristiane Garcia; PIERIN, Angela Maria Geraldo  and  MION JR., Décio. Comparação dos perfis dos pacientes hipertensos atendidos em Pronto-Socorro e em tratamento ambulatorial. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2004, vol.38, n.1, pp. 90-98. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342004000100011.

O estudo comparou 100 hipertensos atendidos no Pronto-socorro com 100 pacientes do Ambulatório. Os hipertensos do Pronto-Socorro foram diferentes (p < 0,05) em relação a: maior pressão arterial; menor renda salarial; maior consumo de bebida alcoólica; não pertenciam à comunidade do hospital; descobriram ser hipertensos por sentirem-se mal; mediram menos a pressão; e deixaram de tomar mais medicamentos. A análise multivariada revelou diferenças significativas entre os dois grupos quanto à renda, ao local onde é medida a pressão e não tomar os medicamentos. Concluiu-se que características desfavoráveis podem contribuir para não realizar o tratamento anti-hipertensivo, levando a atendimentos em unidades de emergência.

Keywords : Hipertensão; Anti-hipertensivos [uso terapêutico]; Adesão; Serviços médicos de emergência; Assistência ambulatorial.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese