SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número1Enfrentamento da AIDS entre mulheres infectadas em Fortaleza - CEAtenção Pré-Natal no Município de Quixadá-CE segundo indicadores de processo do SISPRENATAL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

versão impressa ISSN 0080-6234

Resumo

VILLA, Tereza Cristina Scatena et al. Cobertura do tratamento diretamente observado (DOTS) da Tuberculose no Estado de São Paulo (1998 a 2004). Rev. esc. enferm. USP [online]. 2008, vol.42, n.1, pp. 98-104. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342008000100013.

Objetivando descrever a cobertura do DOTS, analisou-se o Tratamento Supervisionado (TS) nos 36 municípios prioritários para o controle da TB do Estado de São Paulo entre 1998 e 2004. Estudo exploratório fundamentado no Banco de Dados EPI-TB da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Foi elaborado um instrumento de coleta de dados e calculada a cobertura do TS. Os dados foram dispostos no programa Excel. Nos municípios que implantaram o TS em 1998, a cobertura foi inferior a 20%. Em 1999, metade dos municípios alcançou cobertura entre 11 e 49%. Em 2000, houve 100% de implantação do TS, porém, o valor máximo de cobertura alcançado foi 61 %. Entre 2001 e 2002, a cobertura aumentou em 69,44 % dos municípios. Em 2003, em 22 municípios a cobertura estava abaixo de 50%. Em 2004 houve tendência de aumento de cobertura em 63,89% destes municípios.

Palavras-chave : Tuberculose; Vigilância; Atenção primária à saúde; Serviços de Saúde.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português