SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue4Pilot-experience in home care: bedridden aged patients of a Basic Health Unit, Porto Alegre, BrazilStress among nurses who work at the intensive care unit author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

BORDIN, Luiz Carlos  and  FUGULIN, Fernanda Maria Togeiro. Distribuição do tempo das enfermeiras: identificação e análise em Unidade Médico-Cirúrgica. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2009, vol.43, n.4, pp. 833-840. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342009000400014.

Diante do impacto da distribuição do tempo de trabalho da profissional enfermeira na determinação de parâmetros para a operacionalização do processo de dimensionar pessoal de enfermagem, este estudo teve por objetivo identificar e analisar a distribuição do tempo de trabalho das enfermeiras em uma unidade de internação médico-cirúrgica. Para a consecução dos objetivos da pesquisa considerou-se, como população estatística, as atividades de enfermagem realizadas pelas enfermeiras durante os turnos de trabalho. Verificou-se que 50% do tempo destas profissionais foram dedicados às intervenções de cuidado indireto, 22% às intervenções de cuidado direto, 18% às atividades de tempo pessoal e 10% às atividades associadas. Estes dados corroboram a indicação de pesquisadores que apontam a necessidade de serem considerados o tempo pessoal dos trabalhadores de enfermagem e a realização das atividades associadas nos métodos de dimensionamento de pessoal preconizados pelos órgãos oficiais.

Keywords : Recursos humanos de enfermagem no hospital; Gerenciamento do tempo; Carga de trabalho; Classificação.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese