SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 special issue 2Depression, urinary cortisol and social demographics characteristics in subjects with type 2 diabetes mellitusNursing workload among adults, elderly and very elderly patients in the Intensive Care Unit author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

SANCINETTI, Tania Regina et al. Absenteísmo - doença na equipe de enfermagem: relação com a taxa de ocupação. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2009, vol.43, n.spe2, pp. 1277-1283. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342009000600023.

Estudo de natureza quantitativa, descritiva, transversal, elaborado com o objetivo de analisar a quantidade e as causas de afastamentos por doença dos profissionais de enfermagem e sua relação com taxa de ocupação das unidades de internação de um hospital de ensino. A metodologia foi desenvolvida em duas etapas: caracterização demográfica dos profissionais e identificação e análise das ausências quanto à quantidade e tipos de afastamento por doença, aos diagnósticos médicos e à relação com a taxa de ocupação do Hospital. Os técnicos de enfermagem apresentaram a maior quantidade de licenças por doença. As doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo representaram 4.957 dias (41,5%) de ausências e os transtornos mentais e comportamentais 3.393 dias (28,4%). O percentual mensal de licenças por doença foi inversamente proporcional à taxa de ocupação, sugerindo que os profissionais ausentaram-se por doença após terem sido submetidos a ritmos maiores de trabalho.

Keywords : Enfermagem; Absenteísmo; Administração de recursos humanos; Recursos humanos de enfermagem no hospital.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese