SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 issue4Evaluation of an educational program on calcium and phosphorus metabolism for patients on hemodialysisEarly diagnosis of breast and cervical cancer in women from the municipality of Guarapuava, PR, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

TALMELLI, Luana Flávia da Silva; GRATAO, Aline Cristina Martins; KUSUMOTA, Luciana  and  RODRIGUES, Rosalina Aparecida Partezani. Nível de independência funcional e déficit cognitivo em idosos com doença de Alzheimer. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2010, vol.44, n.4, pp. 933-939. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342010000400011.

Este estudo investigou a influência do nível de independência funcional dos idosos com doença de Alzheimer segundo escores da avaliação cognitiva. A população foi composta por 67 idosos atendidos no Ambulatório de Neurologia Comportamental do Hospital das Clínicas/Ribeirão Preto, avaliados em 2008, por meio de um questionário para dados sociodemográficos, Medida de Independência Funcional (MIF) e Mini-Exame do Estado Mental (MEEM). Observou-se que o déficit cognitivo influenciou o desempenho na realização das AVDs. A média da MIF para idosos sem déficit cognitivo foi 107,7 e para os com déficit, 63,2 (p<0,001). Na MIF motora, as médias foram 81,7 e 49,4 (p<0,001), e na MIF cognitiva 25,7 e 13,8 (p<0,001), respectivamente. Conhecer a redução da independência e da capacidade cognitiva é indispensável para manter o provimento das necessidades básicas da vida diária. O estudo pode subsidiar a prática do enfermeiro, melhorando a condição de vida do idoso e de sua família.

Keywords : Idoso; Doença de Alzheimer; Atividades cotidianas; Enfermagem geriátrica.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese