SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue2Communication between nursing students and patients with AidsThe family and the mental disturbance carrier: dynamics and their family relationship author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

MIASSO, Adriana Inocenti; CASSIANI, Silvia Helena De Bortoli  and  PEDRAO, Luiz Jorge. Transtorno afetivo bipolar e a ambivalência em relação à terapia medicamentosa: analisando as condições causais. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2011, vol.45, n.2, pp. 433-441. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000200019.

Este estudo buscou compreender as condições causais da ambivalência da pessoa com transtorno afetivo bipolar (TAB) em relação ao seguimento da terapêutica medicamentosa. Foi utilizada a abordagem qualitativa, tendo como referencial metodológico a Teoria Fundamentada nos Dados, à luz do Interacionismo Simbólico. Participaram do estudo 14 pessoas com TAB que estavam em acompanhamento em um Ambulatório de Transtornos do Humor de um hospital universitário e 14 familiares indicados pelas mesmas. A entrevista e observação foram as principais formas de obtenção de dados. Os resultados revelaram três categorias que descrevem as referidas condições causais: vivendo as crises do transtorno; tendo necessidade do medicamento e convivendo com os efeitos colaterais dos medicamentos. Este estudo aponta para necessidade de mudança de atitude dos profissionais de saúde de culpabilizar o paciente pela interrupção do tratamento para aquela de escuta, de valorização do seu universo simbólico e afetivo bem como de parceria no tratamento.

Keywords : Transtorno bipolar; Esquema de medicação; Terapêutica; Família.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese