SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número3Perfil del anciano víctima de trauma atendido en una Unidad de Urgencia y EmergenciaIncontinencia urinaria y los criterios de fragilidad en ancianos en atención ambulatoria índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

versión impresa ISSN 0080-6234

Resumen

SOUZA, Luccas Melo de; LAUTERT, Liana  y  HILLESHEIN, Eunice Fabiani. Qualidade de vida e trabalho voluntário em idosos. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2011, vol.45, n.3, pp. 665-671. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000300017.

Estudo transversal, comparativo que objetiva avaliar a qualidade de vida de idosos que realizam trabalho voluntário, comparando a idosos que não o realizam. Aplicou-se o questionário de Qualidade de Vida da Organização Mundial de Saúde a um grupo de 166 idosos que realizavam trabalho voluntário e a outros 33 que não realizavam. Os resultados revelam a predominância de mulheres, sem companheiro e com alta escolaridade. Quando comparados os escores de qualidade de vida entre os grupos, não houve diferença estatística nos domínios físico e meio ambiente (p>0,05). Nos domínios psicológico, relações sociais e na avaliação global, os idosos voluntários apresentaram escores superiores (p<0,05). No modelo de regressão linear, realizar trabalho voluntário mostrou-se como determinante para melhor qualidade de vida no domínio psicológico e na avaliação global. Sugere-se o trabalho voluntário como mecanismo de promoção da qualidade de vida em idosos, e que pode ser estimulado pelos profissionais de saúde.

Palabras llave : Idoso; Envelhecimento; Trabalhadores voluntários; Qualidade de vida; Enfermagem.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · pdf en Inglés | Portugués