SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue4The effectiveness of using semipermeable membrane in preterm infants to reduce transepidermal lossesPostoperative pain in children: a gender approach author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

COA, Thatiana Fernanda  and  PETTENGILL, Myriam Aparecida Mandetta. A experiência de vulnerabilidade da família da criança hospitalizada em Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2011, vol.45, n.4, pp. 825-832. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000400005.

Este estudo buscou compreender a experiência de vulnerabilidade da família da criança internada em Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos (UCIP). O Interacionismo Simbólico e o Conceito de Vulnerabilidade da Família foram utilizados como fundamentação para a compreensão dessa experiência. A Análise Qualitativa de Conteúdo foi o referencial metodológico aplicado. Os dados foram coletados por meio de entrevista e observação com 11 famílias de crianças hospitalizadas em uma UCIP de um hospital universitário, do Município de São Paulo. Emergiram seis categorias analíticas da experiência da família que, ao serem comparadas às categorias conceituais da Vulnerabilidade da Família, revelam os elementos definidores do conceito nesse contexto. Para a família, a internação de um filho em UCIP desencadeia sofrimento intenso, pois remete a possibilidade de uma perda definitiva. Assim, o poder e a autonomia da família em relação ao filho são diminuídos, intensificando o sentimento de vulnerabilidade.

Keywords : Família; Criança hospitalizada; Enfermagem familiar; Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese