SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue4The HIV/AIDS vulnerability framework applied to families: a reflectionInfection control related to central venous catheter impregnated with antiseptics: an integrative review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

MENEZES, Sarita Lopes  and  MELLO E SOUZA, Maria Conceição Bernardo de. Grupo de psicoeducação no transtorno afetivo bipolar: reflexão sobre o modo asilar e o modo psicossocial. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2011, vol.45, n.4, pp. 996-1001. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000400029.

O Transtorno Afetivo Bipolar (TAB), conhecido por sua cronicidade, complexidade e altos índices de morbidade e mortalidade, é uma das principais causas de incapacitação no mundo. Há evidências crescentes de que seu curso pode ser modificado por abordagens psicoterápicas como a psicoeducação, que promove o aumento do funcionamento social e ocupacional, bem como da capacidade de manejarem situações estressantes. Trata-se de um relato de experiência sobre um grupo de psicoeducação para familiares e portadores de TAB, sendo esse pautado pela reflexão dos componentes do paradigma das práticas em saúde mental. A reflexão sobre os modos asilar e psicossocial quanto às concepções de objeto e modo de trabalho, possibilitou situar o grupo no modo psicossocial, pois o conhecimento e a vivência experimentados favorecem a autonomia dos sujeitos, que têm maiores chances de se posicionarem frente às dificuldades que lhes sobrevêm na sua existência-sofrimento.

Keywords : Transtorno bipolar; Terapêutica; Saúde mental; Enfermagem psiquiátrica; Educação em saúde.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese