SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue5Patients' symptoms before a first hospitalization due to Acute Coronary SyndromeThe use of aromatherapy to improve self-esteem author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

SANTOS, Mariana Alvina dos; CRUZ, Diná de Almeida Lopes Monteiro da  and  BARBOSA, Ricardo Luís. Fatores associados ao padrão de sono em pacientes com insuficiência cardíaca. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2011, vol.45, n.5, pp. 1105-1112. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000500011.

O estudo teve como objetivo descrever o padrão de sono em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) e analisar associações do sono com as seguintes variáveis: sexo, idade, fadiga, fadiga ao esforço, atividade física, classe funcional, terapia medicamentosa, dispneia e índice de massa corporal. A amostra não probabilística foi de 400 pacientes (idade média 57,8 anos; 64,8% eram homens; escolaridade média de 6,1 anos; 82,5% em classe funcional II ou III). A prevalência de maus dormidores foi de 68,5% e 46,5% classificou o sono como ruim ou muito ruim. Escores que sugerem categoria de mau dormidor foram associados a: sexo feminino, não empregados, fadiga, fadiga ao esforço, dispneia e classes funcionais mais elevadas da IC. A proporção de maus dormidores entre os pacientes com IC está entre as mais altas nas doenças crônicas. Dispneia e fadiga, sintomas comuns a essa enfermidade, aumentam significativamente a chance de ser mau dormidor.

Keywords : Insuficiência cardíaca; Sono; Dispneia; Fadiga; Enfermagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese