SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 special issue 2The everyday health of the young individuals of a popular neighborhood of Belo Horizonte, Minas Gerais, BrazilPatients with multidrug-resistant tuberculosis in a reference center: sociodemographic and clinical-epidemiological profile author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

BORGES, Ana Luiza Vilela et al. Planejamento da gravidez: prevalência e aspectos associados. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2011, vol.45, n.spe2, pp. 1679-1684. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000800007.

Os objetivos foram estimar a prevalência de gravidez planejada e analisar os aspectos a ela associados. Gravidez planejada foi avaliada pelo London Measure of Unplanned Pregnancy, versão Brasil. Foram estudadas 126 mulheres que procuraram unidades básicas de saúde de Marília, São Paulo para confirmação da gravidez e que tiveram resultado positivo. A prevalência de gravidez planejada foi 33,3% [25,2%-42,3%]. Os aspectos positivamente associados ao planejamento da gravidez foram idade, idade do parceiro, coabitação com parceiro, ter engravidado anteriormente e  ter vivenciado um abortamento anterior. O planejamento da gravidez ainda não é evento freqüente e está determinado, sobretudo, pelos contextos de vida pessoal e afetiva das mulheres, bem como por sua trajetória reprodutiva, e não simplesmente pelo uso de métodos contraceptivos ou nível de escolaridade, como tradicionalmente se tem pensado.

Keywords : Anticoncepção; Gravidez; Saúde sexual e reprodutiva.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese