SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número1Produção científica sobre os Centros de Atenção PsicossocialColonização pelo Staphylococcus aureus em profissionais de enfermagem de um hospital escola de Pernambuco índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

versão impressa ISSN 0080-6234

Resumo

MENEZES, Sarita Lopes  e  SOUZA, Maria Conceição Bernardo de Mello e. Implicações de um grupo de Psicoeducação no cotidiano de portadores de Transtorno Afetivo Bipolar. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.1, pp. 124-131. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000100017.

Há evidências crescentes de que o curso Transtorno Afetivo Bipolar (TAB) pode ser modificado por abordagens psicoterápicas, tais como a Psicoeducação. Assim, o objetivo deste trabalho foi identificar as implicações do grupo de Psicoeducação no cotidiano dos portadores. Para tanto, optou-se pelo estudo qualitativo, do tipo Estudo de Caso. Foram incluídos doze portadores de TAB que tiveram pelo menos seis participações no Grupo de Psicoeducação desenvolvido na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas, gravadas, transcritas e trabalhadas por meio da Análise Temática. Este estudo demonstrou que tal experiência grupal favoreceu a aquisição de conhecimento; a conscientização da doença e adesão ao tratamento; a realização de mudanças positivas na vida; a possibilidade de ajudar outros portadores a se beneficiarem do aprendizado construído no grupo; a descoberta de outras realidades e estratégias de enfrentamento, obtidas por meio da troca de experiências entre os participantes.

Palavras-chave : Transtorno bipolar; Terapêutica; Enfermagem psiquiátrica; Saúde mental; Psicoterapia de grupo.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês