SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número3Avaliação dos sintomas de ansiedade e depressão em fibromiálgicosAnálise de atividades não realizadas pela equipe de enfermagem para o diagnóstico padrão respiratório ineficaz em idosos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

versão impressa ISSN 0080-6234

Resumo

PINTO, Flávia Morais Gomes et al. Avaliação do crescimento microbiano em sondas de uso único para vitrectomia reprocessadas na prática assistencial. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.3, pp. 597-603. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000300010.

O objetivo deste estudo foi avaliar o crescimento microbiano em sondas para vitrectomia de uso único, reprocessadas na prática assistencial. Foram investigadas nove sondas reusadas e reprocessadas por diferentes métodos. As sondas foram segmentadas, individualmente, em porções de 3,5 cm, totalizando em 979 unidades amostrais (extensões, conectores e ponteiras) inoculadas em meio de cultura e incubadas a 37ºC, por 14 dias. Os resultados mostraram crescimento microbiano em 57 (5,8%) unidades amostrais, das quais, 25 foram esterilizadas por Óxido de Etileno, 16 por Plasma de Peróxido de Hidrogênio e 16 por Vapor à Baixa Temperatura e Formaldeído. Foram identificadas 17 espécies microbianas, sendo as mais prevalentes o Micrococcus spp., Staphylococcus coagulase negativa, Pseudomonas spp. e Bacillus subtilis. O reuso de sondas de uso único para vitrectomia não se mostrou seguro, portanto tal prática não é recomendada.

Palavras-chave : Sonda; Vitrectomia; Reutilização de equipamento; Esterilização; Infecção da ferida operatória; Endoftalmite.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês