SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue3Communication strategies used by health care professionals in providing palliative care to patientsThe educational work of nurses in the Family Health Strategy: difficulties and perspectives on change author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

LOPES, Denise Maria Quatrin et al. Agentes Comunitários de Saúde e as vivências de prazer - sofrimento no trabalho: estudo qualitativo. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.3, pp. 633-640. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000300015.

Este estudo objetivou identificar as situações geradoras de prazer - sofrimento no trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de um município do Rio Grande do Sul/Brasil. Foi realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa, com participação de 24 agentes. A coleta dos dados ocorreu em 2009, por meio do grupo focal, empregando-se a técnica da análise temática. As situações geradoras de prazer no trabalho foram: ser reconhecido, ser resolutivo, trabalhar junto aos pares e usar a criatividade. As situações geradoras de sofrimento foram: deficiências nos serviços de saúde; desconhecimento das funções; falta de reconhecimento; o sofrimento de trabalhar em equipe; a obrigatoriedade de morar e trabalhar no mesmo local; convivência e envolvimento com os problemas sociais da comunidade e a exposição à violência, resultando em medo. Evidenciou-se a necessidade de adoção de medidas interventivas com vistas a promover melhores condições de trabalho, satisfação profissional e saúde aos agentes comunitários.

Keywords : Auxiliares de Saúde Comunitária; Programa Saúde da Família; Condições de trabalho; Saúde do trabalhador; Pessoal de saúde.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese