SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número3Agentes Comunitários de Saúde e as vivências de prazer - sofrimento no trabalho: estudo qualitativoMicropolítica do trabalho dos profissionais de saúde na UBS: visão sobre necessidades de saúde das famílias índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

versão impressa ISSN 0080-6234

Resumo

ROECKER, Simone; BUDO, Maria de Lourdes Denardin  e  MARCON, Sonia Silva. Trabalho educativo do enfermeiro na Estratégia Saúde da Família: dificuldades e perspectivas de mudanças. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.3, pp. 641-649. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000300016.

Este estudo objetivou conhecer as dificuldades e perspectivas de mudanças que os enfermeiros identificam no desenvolvimento das ações educativas na Estratégia Saúde da Família (ESF). Trata-se de uma pesquisa qualitativa descritivo-exploratória. Os dados foram coletados junto a 20 enfermeiros que atuam na ESF, no âmbito da 10ª Regional de Saúde do Paraná, por meio de entrevistas semiestruturadas, no mês de abril de 2010, as quais foram submetidas à análise de conteúdo. Os resultados demonstraram que os enfermeiros enfrentam dificuldades no desenvolvimento da educação em saúde junto aos usuários, à equipe, aos gestores e quanto à falta de recursos físicos, materiais e financeiros. Mas, a partir das dificuldades sentidas, buscam alternativas diversificadas para superá-las e sugerem modificações visando à melhoria na atenção primária à saúde da população, principalmente, no que tange ao trabalho educativo.

Palavras-chave : Educação em saúde; Saúde da família; Enfermagem em saúde pública; Atenção Primária à Saúde; Papel do profissional de enfermagem.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês